El Cortijo, a casona no alto da aldeia

Um hotel requintado num dos vilarejos mais modestos e simpáticos do Norte argentino

Devorar um bife à milanesa na Argentina certamente é uma daquelas coisas que assinam embaixo do jargão “o que já era bom, ficou melhor”. No quesito combinado entre carne martelada numa tábua de relaxo, sal e pimenta; gema de ovo, farinha de rosca e óleo borbulhante, os argentinos realmente sabem o que estão fazendo.

No caso de Cachi, um povoado acanhado enraizado na “Quebrada de Las Conchas” – Valles Calchaquíes, se pudesse ser mordido, seu sabor seria facilmente comparado a uma bela e crocante “Milanesa de Simpatia”, servida a cambio de um punhado de pesos em qualquer menu popular.

18740802_635882969939454_562035996803438739_n

É que essas ruelas de chão batido, recheadas de sorrisos e feições simples, entornam a praça central e a igrejinha acanhada, amuralhando a vila com casinhas e armazéns coloniais coladas umas às outras; iluminadas por lamparinas antigas, perfumadas pelos latões dos cozinheiros de rua e suas tortillas defumadas.

Logo ali, cruzando uma ponte sobre o pouco molhado Rio Calchaqui, pela Ruta Nacional 40, fica Cachi. Onde tem poeira, tempero e vinho; Cachi, o mastigar sinfônico e hedônico e detalhista da crocância. Clique aqui e leia mais sobre Cachi e toda a Província de Salta.

GOPR8194

El Cortijo Hotel Boutique

Para contrastar toda a rusticidade da aldeia, no alto de uma das poucas ruas pavimentadas e perto do único posto de gasolina no raio de uma centena de quilômetros, um hotel moderno e bem decorado: El Cortijo. O que em português seria uma “quinta”, um “rancho”, uma cabana campestre, porém aqui, meramente ilustrativa, sem estábulo, moendas e baldes de alumínio vertendo leite ordenhado.

DSC_1027

Com paredes fortes e grosseiras, móveis de madeira densa e portas de casa de avó, o hotel é um bom lugar para esticar as pernas em lençóis limpos e relaxar as costas em colchões macios antes de voltar para os dias em barracas e colchonetes de 5 centímetros.

Como em todos os ambientes do hotel, os quartos são finamente decorados com tapetes coloridos, colchas pesadas, abajures e lustres moldados pelo ferreiro local, e claro, obras de arte que retratam a cultura nativa. Bom chuveiro para se reestabelecer da maquiagem natural aderida à pele após um dia de andanças derretido pelo sol, soprado pelo vento e salpicado pelo pó.

DSC_0934

De manhã, ainda entre afortunados  e etiquetados artesanatos de grife, o café da manhã faz releituras requintadas do que provavelmente amanhece em todas as casinhas da municipalidade. Melados, doce de leite, medialunas folhadas, frutas, café e claro, queijo de cabra. O El Cortijo é um excelente hotel para o descanso numa pequena aldeia onde o bom mesmo está além das quatro paredes. Experimente o contraste.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para conhecer melhor o Hotel El Cortijo, clique aqui.

Quedate un poquito mas, Cachi:

GOPR8213
Praça principal do povoado
DSC_1012
O melhor risoto do mundo não vai arroz
DSC_1001
Coitado
DSC_0986
Suspende o vinho
DSC_0980
Ah…
DSC_0953
Volte mais tarde
DSC_0952
Quilos de maquiagem natural
DSC_0942
Então

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s